Como se inscrever na fila de transplante renal

Transplante Renal com Doador Falecido

1 – Como se inscrever no Hospital do Rim

a. Ligue no telefone (011) 5087-8055 para marcar a primeira consulta. Horário de agendamento: segunda à sexta feira das 10:00h às 16:00h.

b. Traga ficha de inscrição preenchida pelo médico da diálise no dia da consulta. Local: Hospital do rim, rua Borges Lagoa, 964 Vila Clementino, próximo ao metrô Santa Cruz.

Horário de consultas: segunda à sexta feira das 13:00h às 20:00h

c. Pronto! A equipe do hospital do rim faz a inscrição do paciente na lista de espera da Secretaria Estadual de Saúde.

2 – Como funciona a lista de espera para transplante

a. A lista é dividida pelo tipo de sangue;

b. A seleção do candidato ao transplante é baseada na melhor compatibilidade genética (HLA) e no tempo de inscrição na lista de espera.

c. A seleção é feita pela Central de Transplantes na Secretaria Estadual de Saúde e supervisionada pelo Ministério Público.

3 – Como saber sua situação na lista de transplante?

a. Ligue na Central de Transplantes pelo telefone (011) 3064-1649.

b. Acesse o site saude.sp.gov.br.

c. O termo “ATIVO” significa que o paciente está pronto para o transplante. O termo “INATIVO” significa que existe alguma pendência na avaliação do paciente ou na coleta do soro no laboratório de imunologia.

Transplante Renal com Doador Vivo

1 – Como iniciar a avaliação para o transplante com doador vivo?

a. Ligue no telefone (011) 5087-8055 para marcar a primeira consulta.

b. Horário de agendamento: segunda à sexta feira das 10:00h às 16:00h. No dia da consulta, trazer um relatório da diálise e resultado do exame de tipagem sanguínea ABO do receptor e possíveis doadores;

c. Local: Hospital do rim, rua Borges Lagoa, 964 Vila Clementino, próximo ao metrô Santa Cruz.

Após a primeira consulta todos os exames estarão prontos em 30 dias. Não existe fila de espera para transplante com doador vivo.

2 – Quem pode ser doador vivo?

O doador vivo deve ter idade superior a 21 anos, ter boas condições de saúde, deve ser capaz juridicamente e estar de acordo com a doação. Pais, irmãos, avós, tios, primos de primeiro grau e cônjuges podem ser doadores.

 

Não existe limite superior de idade para ser doador.